George N. Katsiaficas  

From The Art and Popular Culture Encyclopedia

Jump to: navigation, search

"If 1848 was, at least partially, a revolution against boredom, the May events in France were even more so." -- The Imagination of the New Left (1987) George N. Katsiaficas

Related e

Google
Wikipedia
Wiktionary
Wiki Commons
Wikiquote
Wikisource
YouTube
Shop


Featured:
Train wreck at Montparnasse (October 22, 1895) by Studio Lévy and Sons.
Enlarge
Train wreck at Montparnasse (October 22, 1895) by Studio Lévy and Sons.

George Nicholas Katsiaficas (1949) é um sociólogo,ativista e escritor norte-americano, estudioso dos movimentos sociais dos séculos XX e XXI.

Katsiaficas tem um longo histórico de militância, atuando desde 1969 no movimento pacifista e em favor da justiça social.

É o coordenador internacional do Instituto 18 de Maio, na Universidade Nacional de Chonnam, em Gwangju, Coreia do Sul. Katsiafikas fica baseado no Wentworth Institute of Technology, em Boston.[1]

Katsiaficas cunhou a expressão efeito Eros para designar um súbito e intuitivo despertar do movimento social contra os poderes estabelecidos. Segundo Katsiaficas, esse despertar ocorreu na França, em maio de 1968; nos EUA, durante a grande greve estudantil de maio de 1970; no massacre de Gwangju, na Coréia do Sul, em 1980, e em uma série de revoltas populares na Ásia, durante as décadas de 1980 e 1990.[2]

Livros publicados Katsiaficas é autor ou editor de diversos livros - vários deles sobre a insurreição global de 1968 e os movimentos sociais europeus e asiáticos, dentre os quais se destacam:

The Subversion of Politics – European Autonomous Social Movements and the Decolonization of Everyday Life Asia's Unknown Uprisings, em dois volumes, resulta de mais de dez anos de pesquisa sobre a onda de manifestações na Ásia, de 1986 a 1992, período em que nove ditaduras foram derrubadas, em nove países. O volume 1 aborda os movimentos sociais na Coreia do Sul, no século XX. O volume 2 discute a Revolução do Poder Popular, contra Ferdinando Marcos, nas Filipinas (1986), e também os movimentos populares de Burma, Tibete, China, Taiwan, Bangladesh, Nepal, Tailândia e Indonésia, de 1947 a 2009. Liberation, Imagination, and the Black Panther Party(org. com Kathleen Cleaver), coletânea de ensaios de vários estudiosos e ativistas sobre a história e o impacto do Partido dos Panteras Negras no pensamento político do fim do século XX. The Imagination of the New Left: A Global Analysis of 1968, sobre o movimento social e fatos que marcaram o final dos anos 1960 (a Primavera de Praga, o movimento estudantil no México, Japão, Sri Lanka, Itália, Iugoslávia e Espanha; a Ofensiva de Tet, no Vietnam e os movimentos de guerrilha na América Latina; os protestos durante a Convenção Democrata em Chicago, 1968; o assassinato de Martin Luther King; o Maio de 1968, na França, e a greve estudantil de maio de 1970, nos Estados Unidos e a transição para uma época de redefinição cultural e política, com o surgimento da New Left. [3] Introduction to Critical Sociology (com R. George Kirkpatrick e Mary Lou Emery), 1987.[4] Vietnam Documents: American and Vietnamese Views of the War (organizador), coletânea de 52 artigos sobre o conflito do Vietnam, desde as origens, em 1954, até 1975. The Promise of Multiculturalism: Education and Autonomy in the 21st Century (orgs.: George Katsiaficas e Teodros Kiros. Latino Social Movements: Historical and Theoretical Perspectives (orgs.: Rodolfo D. Torres e George Katsiaficas) After the Fall: 1989 and the Future of Freedom (org.) The Battle of Seattle: The New Challenge to Capitalist Globalization Confronting Capitalism. Org por Eddie Yuen, Daniel Burton-Rose e George Katsiaficas. South Korean Democracy: Legacy of the Gwangju Uprising (orgs.: Na Kahn-chae and George Katsiaficas]




Unless indicated otherwise, the text in this article is either based on Wikipedia article "George N. Katsiaficas" or another language Wikipedia page thereof used under the terms of the GNU Free Documentation License; or on original research by Jahsonic and friends. See Art and Popular Culture's copyright notice.

Personal tools